Coxinha de Jaca

Coxinha de Jaca

Essa é a minha receita de coxinha de jaca vegana, que é feita com uma massa versátil e fácil de fazer que você pode variar e fazer com o recheio vegano que você quiser.
Essa é a mesma massa que eu fiz os risoles veganos, você até pode usar o recheio de soja deles para rechear as coxinhas caso você não tenha jaca.
Fique de olho aqui no blog e no canal, estou montando uma playlist com receitas veganas para festinhas aqui.

video

Coxinha de Jaca

Caldo

1 cenoura picada
1 cogumelo (usei um cogumelo congelado só pra dar um saborzinho)
1 batata picada
1/2 cebola picada grosseiramente
6 talos de salsão
2 folhas de louro
Grãos de pimenta do reino
1 colher de chá de tomilho seco
1/2 colher de sopa de páprica

Comece colocando água em uma panela, cerca de 1 litro ou um pouco mais, e leve para ferver com todos os ingredientes do caldo.
Ferva por 20 minutos ou até que a cenoura esteja macia.
Coe e separe 500 mL de caldo que será usado na massa das coxinhas. Se sobrar alguma coisa aproveite para enriquecer sopas, cozinhar arroz, legumes.

Recheio de Jaca Verde

1/2 cebola picada
2 dentes de alho picados
1 tomate picado
1/4 xícara de pimentão picado
2 xícaras de jaca verde cozida e desfiada
1/4 xícara de milho
1 colher de sopa de molho shoyu
1/2 colher de sopa de páprica defumada
1/2 colher de chá de manjericão desidratado
1/2 colher de chá de orégano
sal e pimenta do reino

Em uma panela refogue a cebola e o alho com um fio de óleo até começar a dourar. Adicione o pimentão e o tomate e refogue por alguns minutos, até começar a derreter.
Junte a jaca, o milho, o molho shoyu, a páprica, o manjericão e o orégano. Tempere com sal e pimenta, mexa bem.
Refogue bem até que a jaca pegue os temperos.
Deixe o recheio esfriar totalmente.

Massa de Coxinha Vegana

500 mL de caldo de legumes
2 colheres de sopa de óleo
1 colher de chá de sal
2 xícaras de farinha de trigo

Leve o caldo de legumes ao fogo baixo em uma panela média até começar a esquentar. Adicione o óleo e o sal e misture bem.
Adicione a farinha de trigo e mexa bem. Não importa se ficar empelotado no começo, continue cozinhando a massa em fogo baixo e mexendo sem parar, ela vai ficar mais lisa.
A massa deve ser bem cozida para não ficar com gosto de farinha crua quando as coxinhas estiverem prontas, então não pare de mexer até que ela desgrude do fundo da panela.
Coloque a massa na bancada e sove por 2 a 3 minutos logo que conseguir manusear sem se queimar. A textura da massa nesse momento deve ser modelável e não grudar nas mãos, como massinha de modelar.
Deixe a massa esfriar totalmente para modelar as coxinhas.

Modelando e Empanando as Coxinhas

Água gelada
1/2 limão
Farinha de rosca
Óleo para fritar

Quando a massa estiver fria retire pedacinhos de massa, abra com as mãos e coloque o recheio no meio como eu fiz no vídeo.
Modele e feche bem as coxinhas com as pontas dos dedos para não correr o risco de o recheio vazar durante a fritura.
Coloque a água gelada em um prato e esprema o limão nela, em outro prato coloque a farinha de rosca.
Passe as coxinhas na água com limão e em seguida na farinha de rosca até empanar bem direitinho.
Esquente o óleo e frite as coxinhas em óleo quente até que fiquem bem dourados.

Ferrero Rocher + Nutella Vegana

Ferrero Rocher + Nutella Vegana

Para a páscoa de 2021 não passar em branco eu vou compartilhar uma receita de um bombom vegano maravilhoso. É um ferrero rocher vegano feito com nutella caseira que eu também vou compartilhar a receita.
A nutella eu fiz inspirada na receita da Rita Lobo e é a melhor nutella que eu já comi na vida.
Eu também tenho outra receita de bombom de coco vegano aqui e tenho receitas de 5 ovos de páscoa veganos aqui.

video

Nutella Vegana

3 xícaras de avelã
1 1/2 xícaras de chocolate

Coloque as avelãs em uma assadeira e leve ao forno alto por 5 a 8 minutos até tostar, tenha cuidado para não queimar.
Retire do forno e deixe esfriar um pouco.
Quando conseguir manusear retire a pele das avelãs, se a sua for sem pele pule esse passo.
Coloque as avelãs no processador ou em um liquidificador potente e bata bem, mexendo de vez em quando com o processador desligado, até que vire uma pasta lisa. Bata bem até que ela fique fluida, mas não se preocupe que quando ela resfriar vai ficar cremosa.
Derreta o chocolate e junte ao creme de avelã, bata para misturar.
Coloque a sua nutella em uma tigela e ela está pronta!
Ela endurece na geladeira mas não se preocupe, só precisa de alguns minutos fora para voltar ao normal.

Ferrero Rocher Vegano

1 xícara de nutella caseira
150 g de chocolate derretido de acordo com o fabricante
1/4 xícara de avelã tostada
Algumas avelãs tostadas inteiras para colocar no meio dos bombons

Você pode fazer os bombons de duas maneiras, ensinei direitinho as duas no vídeo.
Comece colocando as avelãs em um saquinho, dê pancadas com um rolo de abrir massa para quebrar em pedacinhos, se quiser pode passar no processador. Junte ao chocolate derretido, misture bem e reserve.
Se você não tiver forminhas para fazer bombons coloque a nutella na geladeira até que ela endureça. Pegue um pouco com a ajuda de uma colher e modele igual brigadeiro, colocando a avelã inteira dentro da bolinha.
Faz um pouco de sujeira na mão mas compensa fazer, o ruim é ficar passando vontade de comer.
Leve as bolinhas a geladeira até firmarem. Retire e passe no chocolate com pedacinhos de avelã e volte a geladeira.
Quando o chocolate endurecer estão prontos.
Quem tem forminhas para bombom comece fazendo a casquinha do bombom com o chocolate misturado com pedacinhos de avelã. Leve a geladeira até endurecer.
Coloque a nutella dentro da casquinha dos bombons, nesse caso em ponto de pasta e não dura como eu ensinei acima. Coloque uma avelã no meio e cubra com chocolate para fechar.
Leve os seus ferrero rocher para geladeira e quando a forminha embaçar desenforme seus bombons.

Rosti + 4 Receitas Veganas com Batata

Rosti + 5 Receitas Veganas com Batata

Eu amo batata e acho um dos ingredientes mais versáteis da cozinha. Sempre faço pratos veganos com batata além do purê, assada e frita.
Resolvi compartilhar alguns deles: Batalhoada, hambúrguer de batata, salada fria de batata, rosti e kibe de batata.

video

Receitas Veganas com Batata

Batalhoada

1 cebola cortada em meia lua
4 dentes de alho picados
4 batatas médias/grandes cortadas em rodelas
2 pimentões
1 xícara de tomates cereja ou tomates picados
1/4 xícara de azeitona picada
1/2 colher de sopa de páprica
1/2 colher de sopa de orégano
Salsinha picada
Sal e pimenta do reino

Em uma panela refogue o alho e a cebola até dourar, adicione as fatias de batata, junte 2 colheres de sopa de água e tampe a panela.
Adicione os pimentões, o tomate e a azeitona, tempere com a páprica, o orégano, a salsinha, o sal e a pimenta.
Tampe e deixe cozinhar até que a batata esteja macia, se estiver grudando no fundo da panela adicione um pouquinho de água.

Hambúrguer de batata

5 batatas pequenas cozidas, ou 1 3/4 xícara de batata amassada
1 colher de chá de páprica
1 colher de chá de orégano
sal
1/2 xícara de farinha de rosca

Em uma tigela misture a batata cozida e já fria com os temperos, junte a farinha de rosca e misture até virar uma massa.
Modele os hambúrgueres.
Esquente uma frigideira com um fio de azeite e coloque os hambúrgueres, frite até dourar, vire e doure o outro lado.

Salada Fria de Batata

1 kg de batata bolinha ou batata picada em cubos grandes
1/2 cebola picada
1/2 colher de chá de páprica
1/2 colher de sopa de salsinha desidratada
sal
azeite
vinagre balsâmico ou qualquer vinagre que você tiver

Cozinhe as batatas em água até ficarem macias, espere esfriar e corte ao meio para pegar mais tempero.
Coloque em uma tigela e tempere com cebola, páprica, salsinha, sal, azeite e vinagre a gosto.
Coloque na geladeira e espere ficar geladinha para servir.

Batata Rosti

6 batatas pequenas
Azeite ou óleo
Sal e pimenta do reino
Recheio a gosto (usei palmito, azeitona e tomate sem semente)

Leve as batatas para cozinhar, cozinhe por 5 minutos contados após a fervura. Escorra e deixe esfriar.
Rale as batatas já frias e tempere com sal e pimenta do reino.
Esquente uma frigideira com um bom anti aderente e coloque um fio de azeite.
Com a frigideira quente coloque uma camada de batata, se puder veja o vídeo acima com o passo a passo. Coloque o recheio, eu usei palmito, milho e tomate picadinhos, e feche com mais uma camada de batata.
Frite em fogo baixo até dourar, vire com cuidado para não quebrar e deixe dourar o outro lado.

Kibe de Batata

10 batatas cozidas
1 colher de chá de páprica
1 colher de chá de salsinha desidratada
Sal e pimenta do reino
1 1/2 xícaras de trigo para kibe sem hidratar
1 1/2 cebolas cortadas em meia lua, fatiadas bem fininhas
Azeite

Amasse bem as batatas tempere com a páprica, a salsinha, o sal e a pimenta do reino.
Junte o trigo para kibe, pode confiar que ele dá certo sem hidratar, e misture bem até formar uma massa.
Coloque metade da massa em uma assadeira untada com óleo, coloque a cebola fatiada por cima e espalhe bem.
Cubra com o restante da massa, regue com azeite e leve ao forno a 200 graus por 25 minutos ou até que esteja dourado.



Cajuzinho Vegano

Cajuzinho Vegano

Continuando a minha série de receitas veganas para festinhas, no momento só para relembrar sozinhos em casa, fiz cajuzinhos.
O melhor dessa receita é que além de ser fácil só leva 3 ingredientes.

Cajuzinhos Veganos

1 xícara de amendoim torrado e descascado
1 xícara de açúcar
1/2 xícara de água quente

Ferva os amendoins em água por 5 minutos. Escorra e coloque no liquidificador com o açúcar e meia xícara de água quente.
Bata bem até virar um creme, se ficar pedacinhos de amendoim não tem problema.
Leve ao fogo baixo em uma panela, mexendo sem parar, até desgrudar bem da panela.
Coloque em um prato e deixe esfriar.
Quando o doce estiver frio passe óleo nas mãos (usei óleo de coco mas pode ser qualquer gordura) modele os cajuzinhos, passe no açúcar e decore com um amendoim.

Risoles de Soja Veganos

Risoles de Soja Veganos

Decidi começar uma nova série de receitas no canal: receitas veganas para festinhas e comemorações. As comemorações deixamos para pós pandemia mas podemos fazer pequenas porções desses petiscos para matar a saudade.
A primeira receita da série é risole de proteína texturizada de soja, a famosa PTS.
A minha receita é bem simples e fica muito boa. Você pode fazer o caldo de legumes com o que você tiver em casa, o importante é que fique temperadinho e o recheio também pode variar.
Se alguém fizer outras combinações eu quero saber 🙂 me marque no instagram ou deixe nos comentários.

Risoles de Soja Veganos

Caldo

1 cenoura picada
1 cogumelo (usei um cogumelo congelado só pra dar um saborzinho)
1 batata picada
1/2 cebola picada grosseiramente
Talos de salsão
Folhas de louro
Grãos de pimenta do reino
Tomilho seco
Páprica

Comece colocando água em uma panela, cerca de 1 litro ou um pouco mais, e leve para ferver com todos os ingredientes do caldo.
Ferva por 20 minutos ou até que a cenoura esteja macia.
Coe e separe 500 mL de caldo que será usado na massa dos risoles. Se sobrar alguma coisa aproveite para enriquecer sopas, cozinhar arroz, legumes.

Recheio de PTS

1/2 cebola picada
1 xícara de proteína texturizada de soja sem hidratar
1/2 xícara de molho de tomate
1/4 xícara de azeitonas picadas
2 colheres de sopa de molho shoyu
1/2 colher de sopa de páprica defumada
1/2 colher de sopa de chimichurri
1 colher de chá de orégano
sal e pimenta do reino

Em uma panela refogue a cebola com um fio de óleo até começar a dourar. Adicione a proteína de soja e refogue por alguns minutos.
Junte o molho de tomate, as azeitonas, o molho shoyu, a páprica, o chimichurri e o orégano. Tempere com sal e pimenta, mexa bem e tampe a panela.
Cozinhe em fogo baixo, mexendo de vez em quando, até que a proteína de soja esteja macia. Se necessário adicione um pouquinho de água.

Massa de Risole Vegana

500 mL de caldo de legumes
4 colheres de sopa de óleo
1 colher de chá de sal
2 xícaras de farinha de trigo

Leve o caldo de legumes ao fogo baixo em uma panela média até começar a esquentar. Adicione o óleo e o sal e misture bem.
Adicione a farinha de trigo e mexa bem. Não importa se ficar empelotado no começo, continue cozinhando a massa em fogo baixo e mexendo sem parar, ela vai ficar mais lisa.
A massa deve ser bem cozida para não ficar com gosto de farinha crua quando os risoles estiverem prontos, então não pare de mexer até que ela desgrude do fundo da panela.
Coloque a massa na bancada e sove por 2 a 3 minutos logo que conseguir manusear sem se queimar. A textura da massa nesse momento deve ser modelável e não grudar nas mãos, como massinha de modelar.
Deixe a massa esfriar totalmente para modelar os risoles.

Modelando e Empanando os Risoles

Água gelada
1/2 limão
Farinha de rosca
Óleo para fritar

Quando a massa estiver retire pedacinhos de massa, abra com um rolo, recheie com a soja já fria e feche com a ajuda de um cortador de pastéis, carretilha ou até com uma tigelinha como eu fiz no vídeo.
Feche bem as bordas dos risoles com as pontas dos dedos para não correr o risco de o recheio vazar durante a fritura.
Coloque a água gelada em um prato e esprema o limão nela, em outro prato coloque a farinha de rosca.
Passe os risoles na água com limão e em seguida na farinha de rosca até empanar bem direitinho.
Esquente o óleo e frite os risoles em óleo quente até que fiquem bem dourados.

Torta Crumble de Morango Vegana

Torta Crumble de Morango Vegana

Essa torta de morango é maravilhosa e mais fácil de fazer que essa receita é impossível. Basicamente é uma geléia deliciosa com uma farofinha doce e crocante por cima.

Torta Crumble de Morango Vegana

350 g de morangos picados (2 caixinhas)
1/2 limão
1/4 xícara de açúcar
1 1/2 xícaras de farinha de trigo
1/2 xícara de açúcar
4 colheres de sopa de óleo de coco

Comece fazendo o recheio misturando já na assadeira que você vai levar ao forno os morangos, o suco do limão e 1/4 de xícara de açúcar.
Em outra tigela misture a farinha de trigo, 1/2 xícara de açúcar e o óleo de coco.
Misture com as pontas dos dedos até formar uma farofinha úmida.
Cubra os morangos com essa farofinha e leve ao forno a 180 graus por 20 minutos ou até dourar.
Sirva o crumble morninho.

Pizza Vegana – 3 Sabores

Pizza Vegana 3 sabores

Quando parei de comer queijo e demais coisas de origem animal parei de comer pizza por um tempo, não sabia o que usar de recheio e imaginava que uma pizza sem queijo deveria ser muito sem graça.
Com o tempo eu me arrisquei nos sabores e descobri que pizza vegana é sim maravilhosa, mais leve e não é bicho de 7 cabeças.
Essa massa é maravilhosa, faço ela com frequência aqui em casa e é fácil de lidar, não fica seca, dá para manter na geladeira por uns dias e comer pizza fresquinha a semana toda e o mais importante sem nenhum ingrediente de origem animal como toda pizza deveria ser.
Eu recomendo muito assistir o vídeo para entender o passo a passo de abrir e massa com as mãos que é uma das coisas mais importantes para o sucesso dessa receita.
Vou deixar abaixo minhas 3 sugestões de recheios para pizza totalmente veganos e deliciosos :D. Em breve compartilharei mais sugestões de recheios, uma massa com farinha integral e quem sabe me arrisco em uma massa sem glúten?

Massa de Pizza Vegana

1 1/4 xícaras de água
1 colher de sopa de fermento biológico
1 colher de sopa de açúcar
2 colheres de sopa de azeite
500 g de farinha de trigo
1 colher de chá de sal

Em uma tigela misture bem a água, o fermento, o açúcar, e o azeite. Junte a farinha e o sal e misture até formar uma bola de massa. Leve a bancada e sobre por 8 a 10 minutos.
Você vai fermentar a massa de pizza já porcionada, divida a massa em 3 bolas de cerca de 250 g cada e coloque cada uma em um pote tampado.
Se quiser guardar massa de pizza para comer depois leve a bola de massa bem fechada para a geladeira nesse momento, ela fermenta a frio na geladeira e no vídeo acima eu mostrei que fermentei a minha massa por até 3 dias na geladeira e ainda estava ótima.
Para comer no mesmo dia deixe as massas de pizza fermentarem a temperatura ambiente por 1 hora ou até que estejam bem crescidas.
Abra a massa de pizza usando as mãos, a textura fica bem melhor que aberta com o rolo. Eu mostrei como abrir passo a passo de um jeito simples no vídeo acima.
Coloque os recheios da pizza e leve ao forno aquecido ao máximo, o seu forno deve estar o mais quente que você conseguir esquentar.
Um segredo para uma pizza bonita é passar molho de tomate nas bordas, o forno comum não tem temperatura suficiente para dourar a massa da pizza rapidamente sem ressecar e o molho ajuda e evitar que ela fique pálida.
Asse até que o fundo da pizza esteja firme, as bordas e o recheio bem assado. A primeira pizza eu assei em 10 minutos e até achei que assei demais, a segunda e terceira assei a 8 minutos a 290 graus.

Recheios Para Pizza Vegana

Brócolis e queijo cremoso de amêndoas

1 xícara de amêndoas sem pele
1/2 dente de alho
1 colher de chá de sal
2 colheres de sopa de azeite
1/2 xícara de água quente
Molho de tomate
Rodelas de tomate
Brócolis refogado ao dente
Orégano

Ferva as amêndoas em água quente por 5 minutos, escorra a água e leve as amêndoas ao liquidificador. Junte o alho, o sal, o azeite e a água quente e bata bem.
Deslique o liquidificador e mexa se necessário. Bata até que vire uma pasta cremosa.
Passe o molho de tomate em toda a pizza incluindo as bordas. Disponha sobre a massa as rodelas de tomate, o brócolis, o orégano e finalize com colheradas do queijo de amêndoas.
Leve ao forno até que a pizza esteja assada.

Rúcula com Tomate Seco

Molho de tomate
Tomate seco (Usei caseiro, é escuro por ser feito com shoyu. Posso compartilhar a receita depois)
Rodelas de azeitona
Queijo parmesão vegano da marca Sora
Meio maço de rúcula bem lavada e bem seca

Passe o molho de tomate em toda a pizza incluindo as bordas. Disponha sobre a massa o tomate seco, as rodelas de azeitona e polvilhe o queijo Sora.
Leve ao forno até que a pizza esteja assada.
Após assar a pizza coloque as folhas de rúcula por cima. Não coloque antes de assar, ela murcha e oxida.
Fica maravilhoso regar essa pizza com um fio de azeite após assar.

Palmito e Milho

Molho de tomate
Palmito em rodelas ou picado
Milho
Cebola fatiada bem fina
Tomate cereja
Azeitonas (usei azeitonas pretas nessa pizza)
Orégano

Passe o molho de tomate em toda a pizza incluindo as bordas. Disponha sobre a massa o palmito, milho, cebola, tomate, azeitonas e tempere com orégano.
Leve ao forno até que a pizza esteja assada.

Couve Flor Assado e Arroz com Lentilha

Couve Flor Assada e Arroz com Lentilha

Eu acho que 2020 foi um ano cansativo para todos nós e quando planejei a ceia de natal e ano novo vegana que eu compartilharia aqui levei em conta a praticidade.
Tive a idéia de fazer uma ceia que ficasse pronta em 1 hora no máximo 2, que fosse gostosa e acessível, além de livre de ingredientes de origem animal.
Eu fiz couve flor assada com azeite temperado, arroz com lentilha, cebola caramelizada e molho de tahine.
A ceia dá para duas a três pessoas tranquilamente.

Couve Flor Assado e Arroz com Lentilha

Arroz com Lentilha

1/2 xícara de lentilha
1/2 cebola picada
1 xícara de arroz
Sal
1/2 colher de chá de canela
1 colher de chá de zaatar
1/2 colher de chá de cúrcuma
Água quente

Coloque a lentilha de molho na água por 1 ou 2 horas.
Refogue a cebola em uma panela até começar a dourar. Retire a lentilha da água, escorra e adicione a panela, junte o arroz e misture bem.
Tempere com o sal, a canela, o zaatar e a cúrcuma.
Adicione a água quente até cobrir, tampe e cozinhe em fogo baixo até que a água seque e o arroz e a lentilha estejam macios.

Couve Flor Assado com Azeite Temperado

6 colheres de sopa de azeite
1/2 colher de sopa de páprica defumada
2 colheres de chá de zaatar
1 couve flor inteira
Sal

Em uma tigelinha misture o azeite, a páprica e o zaatar e leve ao congelador por 15 minutos ou até ficar cremoso.
Coloque a couve flor em uma assadeira, pincele com o azeite e tempere com sal.
Cubra com papel alumínio e leve ao forno a 180 graus por 25 minutos ou até que você espete uma faca na parte inferior da couve flor e ela esteja macia, se não estiver volte para o forno.

Cebola Caramelizada

2 e 1/2 cebolas cortadas em meia lua
Azeite
Sal

Esquente uma figideira, coloque um fio de azeite e junte a cebola.
Mexa a cebola de vez em quando, tempere com sal e cozinhe até a cebola dourar.

Molho de Tahine

2 colheres de sopa de tahine
6 colheres de sopa de água
1/2 colher de sopa de suco de limão
sal a gosto

Em uma tigelinha dissolva o tahine na água até ficar homogêneo, junte o limão e o sal e misture bem.

Panetone Vegano Fácil

Panetone Vegano Fácil

Ano passado eu coloquei uma receita de panetone vegano aqui, simples e fácil mas que me incomodava levar um emulsificante como ingrediente. Fiz muitos testes e cheguei a minha receita preferida: um panetone vegano, com ingredientes acessíveis, macio, fofinho, que não resseca rápido e muito fácil de fazer.
O que dá a maciez e umidade a massa é a batata cozida, não fica com gosto de batata e é um ótimo substituto para os ovos e o emulsificante.
Você pode fazer o panetone com frutas cristalizadas se quiser.

Panetone Vegano

3/4 xícara de suco de laranja
Raspas da casca de duas laranjas
3/4 xícara de açúcar
1 colher de sopa de fermento biológico seco
1 1/2 colher de sopa de óleo
3/4 xícara de batata cozida e amassada (fria)
2 1/4 xícara de farinha de trigo
1 xícara de chocolate picado ou em gotas

Em uma tigela adicione o suco de laranja, as raspas de laranja, o açúcar, o fermento, o óleo e a batata e misture bem.
Junte a farinha de trigo aos poucos. Depois de colocar toda a farinha leve a massa a uma bancada e sove por 8 a 10 minutos.
Essa massa é um pouco grudenta, vá enfarinhando a mesa aos poucos mas resista a colocar mais farinha na massa. Com o tempo de sova ela vai ficar mais firme.
Junte o chocolate a massa e misture o mais uniforme que você puder. Faça uma bola de massa e coloque na forminha de panetone (usei uma de 500 g).
Deixe a massa crescer por 1 hora a 1 hora e meia ou até que esteja bem crescida.
Asse a 180 graus por 25 a 30 minutos ou até que esteja dourado.
Deixe o panetone esfriar antes de cortar.

Hambúrguer Vegano de Soja e Pão de Cenoura

Hambúrguer Vegano de Soja e Pão de Cenoura

Essa é a terceira receita da minha série de hambúrgueres veganos, veja os outros dois aqui e aqui.
Dessa vez fiz um hambúrguer de proteína de soja (pts) e batata doce e um pão semi integral de cenoura e linhaça.

Pão de Hambúrguer Semi Integral de Cenoura e Linhaça

1 xícara de água
1 xícara de cenoura cortada em cubinhos
1/4 xícara de óleo
1/4 xícara açúcar
1 colher de sopa de fermento
1/4 xícara de farinha de linhaça
1 xícara de farinha de trigo integral
2 1/4 xícara de farinha de trigo
1 colher de chá de sal

Bata bem a água e a cenoura no liquidificador.
Em uma tigela misture bem a mistura de água e cenoura, o açúcar, o fermento e o óleo.
Adicione a farinha integral, a farinha de linhaça e o sal e misture bem.
Adicione a farinha de trigo aos poucos.
Leve a massa a uma bancada e sove por 8-10 minutos. Se a massa grudar demais na mão passe um pouco de farinha na mesa para ajudar.
Coloque a massa em uma tigela e deixe crescer por 1 hora ou até crescer bem.
Quando a massa estiver crescida divida em bolinhas de 90 gramas, mais ou menos 10 bolinhas, arrume em uma assadeira e deixe crescer por mais uma hora ou até crescer bem.
Leve ao forno pré aquecido a 180 graus ou até que os pãezihos dourem.

Hambúrguer de Proteína de Soja

1 xícara de proteína de soja
3/4 xícara de água quente
1 xícara de batata doce cozida
1/2 colher de sopa de páprica defumada
1 colher de chá de orégano
1 pitada de cravo em pó
Sal
1/2 xícara de farinha de rosca

Coloque a proteína de soja em uma tigela, adicione a água quente, mexa bem e deixe hidratar por alguns minutos.
Adicione a batata doce, a práprica, o orégano, o cravo e o sal.
Junte a farinha de rosca e misture bem até virar uma massa modelavel.
Modele os hambúrgueres e frite em uma frigideira quente com um fio de azeite ou de óleo até dourar os dois lados.